Templates by BIGtheme NET

Ex-atleta morava em situação de rua e era dependente químico; Em 2006, jogou ao lado de Romário e chegou a marcar sete gols na Copa do Brasil

O ex-atacante Valdiram, que teve passagem marcante pelo Vasco, foi encontrado morto na região de Santana, em São Paulo. Na última sexta-feira, o corpo do ex-atleta, de 36 anos, foi encontrado com sinais de espancamento. A informação foi dada, inicialmente, pelo “Brasil Urgente”, da Rede Bandeirantes. O ex-jogador, que estava morando na rua, sofria de alcoolismo e compulsão por sexo e drogas.

Encontrado pela polícia e levado ao IML, o corpo de Valdiram só foi identificado neste sábado. Nenhum familiar apareceu até o momento para reconhecê-lo, apenas outros amigos que também estavam em situação de rua. Ainda não se tem conhecimento da causa da morte e as investigações estão nas mãos do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Valdiram tinha um histórico grande de polêmicas que prejudicaram a sua carreira. Foi preso três vezes, numa delas por tentativa de estupro. Em passagem por Portugal no início dos anos 2000 foi acusado pelo crime por uma jovem. No Vasco, foi dispensado por faltar treinos e cometer atos de indisciplina, como chegar bêbado à concentração.

O auge do ex-atacante Valdiram no Vasco foi em 2006, quando foi artilheiro da Copa do Brasil no time que foi vice-campeão da competição. No Cruz-Maltino, ele chegou a formar dupla com Romário e foi treinado por Renato Gaúcho.

Sem chances no futebol por conta das indisciplinas, Valdiram aumentou o seu drama. Em 2011 e 2012 precisou ser internado numa clinica de reabilitação. Depois, se tornou evangélico e teve nova oportunidade nos gramados no primeiro semestre de 2013, pelo Bonsucesso.

Porém, alguns anos depois foi encontrado morando nas ruas de Bonsucesso, Zona Norte do Rio de Janeiro, em 9 de fevereiro de 2018. Depois disso, recebeu ajuda do Vasco e foi levado à uma clínica de reabilitação e teve alta em junho do ano passado. Ele chegou a receber oportunidade no Olaria, mas o vício em drogas o fez sumir novamente. A última ajuda que recebeu foi para comprar uma passagem para São Paulo, onde disse que encontraria uma irmã.

A última vez em que se teve notícias de Valdiram foi em um vídeo que circulou na internet em dezembro do ano passado. Nele, o ex-jogador aparece ao lado de outros moradores de rua em São Paulo pedindo ajuda a Romário, Edmundo e Renato Gaúcho.

Por meio do seu site oficial, o Vasco lamentou a morte do seu ex-atleta. Na nota, o Cruz-Maltino lembra da passagem de Valdiram pelo clube e a ajuda que deu a ele para se livrar do vício em drogas e bebidas.

INÍCIO NO FUTEBOL
Nascido no interior de Pernambuco, Valdiram foi descoberto pelo treinador Roberval Davino no CRB-AL e depois jogou em equipes como Mirassol e Anápolis-GO, até chegar ao futebol de Portugal. Na volta ao Brasil, Valdiram teve destaque no Desportivo-ES e chamou a atenção do Vasco. Ao todo, ele disputou 32 jogos pelo Cruz-Maltino e marcou 14 gols. Por conta de indisciplina, deixou São Januário em fevereiro de 2007 e depois disso rodou por mais 18 clubes. Porém, não conseguiu seguir no futebol por conta dos problemas extracampo e encerrou sua carreira precocemente.


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*