Fonte AlagoasWeb com Assessoria

Policiais civis da Delegacia de Porto Real do Colégio, no interior de Alagoas, coordenados pelo Delegado Rômulo Santana Andrade, deram cumprimento nesta sexta-feira, 28, a mandado de prisão expedido pela Justiça e prenderam um homem de 58 anos, acusado em crime de estupro.

O homem foi detido no Povoado Carnaíbas, zona rural do município.

“Na semana passada, recebemos uma denúncia grave, que dizia respeito à prática de crime de estupro de vulnerável, com no mínimo sete vítimas identificadas, dentre as quais seis filhas do suposto autor. Rapidamente demos início a um trabalho de investigação, sendo acionado o Conselho Tutelar local, e encaminhada às vítimas para exames periciais no IML de Arapiraca, cujo resultado deu positivo para a violência sexual”, frisou o Delegado.

De acordo com a polícia, as filhas do acusado foram violentadas quando crianças. Outra vítima, identificada durante as investigações (menor de idade, 13 anos), foi abusada sexualmente nos últimos meses.

Com base nas investigações, a Polícia Civil representou pela prisão temporária do homem, que fugiu do povoado, mas a polícia intensificou os trabalhos de buscas na região, inclusive em outras cidades (Campo Grande e Arapiraca), em casas de seus familiares.

Hoje, após uma denúncia, a polícia tomou conhecimento que o acusado teria retornado a sua casa, no povoado Carnaíbas, para buscar documentos e roupas na intenção de deixar Alagoas, fugindo para o estado de São Paulo, mas acabou preso.

O trabalho investigativo continua com a coleta de outras provas e a oitiva de mais vítimas.

De acordo com o delegado que investiga o caso, o homem convivia na comunidade como uma pessoa de bem, no entanto aterrorizando as vítimas, crianças e adolescentes, que eram ameaçadas de morte, caso contasse algo sobre a violência sexual sofrida.

O inquérito policial segue em segredo de Justiça.


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*