Templates by BIGtheme NET

Jornalista teve um infarto fulminante em sua casa, no Rio de Janeiro
Morreu na madrugada desta quarta-feira (10) o jornalista Paulo Henrique Amorim. Ele teve um infarto fulminante e morreu em sua casa, confirmou sua mulher à Record , última emissora de televisão para qual o jornalista trabalhou.

Paulo Henrique Amorim teve passagens por diversos veículos de imprensa no Brasil, inclusive Globo, Band, Machete, Veja e Cultura.

Ele estava na Record desde 2003 e recentemente foi afastado da apresentação do “Domingo Espetacular” , dominical jornalístico da emissora. Ele era bastante contestado por suas opiniões políticas alinhadas à esquerda e pelo fato do dono da emissora, Edir Macedo, ser um apoiador declarado de Jair Bolsonaro.

Ele deixa uma filha e a mulher, Geórgia Amorim.

Fonte: Gente – gente.ig.com.br


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*