Templates by BIGtheme NET

Houve troca de tiros entre os suspeitos e a polícia; dois veículos foram atingidos pelos disparos

Uma tentativa de explosão a uma agência bancária do município de Girau do Ponciano, Agreste alagoano, acabou em uma troca de tiros que deixou nove mortos. Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e agentes da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC) frustraram a ação criminosa, na manhã desta segunda-feira (2). Dois veículos, que teriam sido usados pelo bando, foram atingidos pelos disparos. Dois suspeitos foram presos.

Segundo informações, homens fortemente armados preparavam-se para assaltar o banco, quando foram surpreendidos pela polícia, que investigava os mesmos. Houve uma intensa troca de tiros e suspeitos foram baleados.

Conforme a assessoria do Hospital de Emergência do Agreste (HEA), sete deles deram entrada na unidade, com ferimentos graves provocados por arma de fogo, mas não resistiram e entraram em óbito. Outros dois morreram em uma unidade de saúde situada em Girau do Ponciano.

Alguns dos suspeitos foram identificados como Thalyson Jeyns de Moura Severiano, 30 anos; Raphael Oliveira Silva, 35; Bruno Santiago, 33; João Paulo da Silva, 45; e José Humberto Brasileiro, 43. Os demais não foram identificados.  A PM realizou cerco com helicóptero na região. Além de Girau do Ponciano, buscas foram feitas nos municípios de Lagoa da Canoa e Arapiraca.

Nesta terça-feira (3), a polícia apresentará todos os detalhes da operação às 11h, na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), no centro de Maceió.

Por Tatianne Brandão | com NN1

 

Morador filma viaturas da polícia e barulhos de tiro em Girau do Ponciano

Ação ocorrida nesta segunda deixou nove pessoas mortas


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*