Se os dados oficiais já são alarmantes, há indício de subnotificação, que apontaria para número muito maior de casos de coronavírus no estado do que o registrado pelo governo. Reportagem do G1 desta terça-feira (26) mostra que Minas Gerais já registrou, neste ano, mais de mil mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) a mais do que no ano passado.

O único jeito de saber se uma SRAG é Covid-19 ou não é testando. E um levantamento exclusivo do G1 mostrou que Minas Gerais é o segundo estado que menos testa para a Covid-19 no país. Segundo o balanço da SES desta quarta-feira, foram feitos 20.700 testes para a doença até o momento – 446 a mais em relação à véspera.

O balanço de hoje também informa que 3.865 pacientes se recuperaram da doença no estado desde o início da pandemia, 1.345 ficaram internados em hospitais e 3.834 ficaram em isolamento domiciliar.A SES parou de divulgar o número de casos suspeitos da doença que, segundo dados mais recentes, passava de 101 mil.

Da redação com o G1 Minas


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*