Agora, há dois tanques como se fossem os edifícios no local, com uma queda d’água de proximamente 9 metros

Nesta sexta-feira (11 de setembro), o mundo relembra o maior ataque terrorista da história dos Estados Unidos, quando aviões se chocaram contra as torres do World Trade Center, na cidade de Nova York, causando a morte de mais de 3 mil pessoas.

Além de chocar o mundo e causar uma instabilidade econômica, o atentado deu início às guerras do Afeganistão e do Iraque, e seguiu em uma busca constante para encontrar o líder da Al-Qaeda e mentor dos ataques, Osama bin Laden.

Hoje, 11 de setembro de 2020, dezenove anos depois, o local do desastre se transformou em um museu e memorial que atrai milhares de turistas anualmente.

Agora, há dois tanques como se fossem os edifícios no local, com uma queda d’água de proximamente 9 metros de altura. Em seu redor, ficam os nomes das vítimas do atentado.

 

Atentado as torres gêmeas — © ReproduçãoAtentado as torres gêmeas — © Reprodução
Atentado as torres gêmeas — © ReproduçãoAtentado as torres gêmeas — © ReproduçãoAtentado as torres gêmeas — © ReproduçãoAtentado as torres gêmeas — © Reprodução


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*