Em continuidade às investigações sobre o desaparecimento na Serra da Miaba da estudante universitária Joana Gabriela Coutinho Soares de 21 anos, foi realizada a reconstituição dos fatos no local pelos peritos do Instituto de Criminalística.

A ação foi realizada ao longo de quinta-feira (08), e percorreu 16 quilômetros na busca por vestígios que possam auxiliar no procedimento investigativo. O trabalho contou com as equipes das Delegacias de Campo do Brito, Macambira e São Domingos, da Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp), do Instituto de Criminalística (IC), do Instituto Médico Legal (IML) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core).

O delegado Wilkson Vasco destacou que o procedimento investigativo está centrado na rápida elucidação do caso. “Desde a semana passada, a Polícia Civil tem feito diversas diligências a fim de esclarecer o desaparecimento da jovem na Serra da Miaba, situada entre os municípios de São Domingos e Campo do Brito, no Agreste sergipano. Além da própria jovem, outras pessoas já foram ouvidas pelo delegado.

A unidade tática de elite da Polícia Civil também colaborou na segurança, orientação e apoio aos trabalhos efetuados pela Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), como ainda a delegacia requisitante e os órgãos de perícia.

O desaparecimento

Joana Gabriela é natural de Salvador (BA), mas é estudante universitária da USP, em São Paulo, e está em Sergipe visitando a irmã, que mora na capital sergipana. Na terça-feira, 29 de setembro, ela saiu para fazer uma trilha na Serra da Miaba, com outras quatro pessoas, porém, ela não retornou para casa.

A jovem foi resgatada no domingo (04), por equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e do Grupamento Tático Aéreo (GTA). Ela foi encaminhada ao Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), em Aracaju, com o intermédio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), onde ainda se encontra internada para tratamento das lesões que sofreu durante o desaparecimento.

Da Redação: Com informações da SSP/SE


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*